quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Últimas horas de vida...

Últimas palavras !

O moribundo reúne as suas últimas forças e balbucia para a mulher:
- Querida, de hoje eu não passo!
- 'Magina Mô! Não fala besteira! É claro que você passa...
- Você fala como se tivesse certeza...
- Claro que passa ... você sempre deixa o que é pra hoje pra ser feito amanhã!